sábado, 10 de julho de 2010

O homem (parte II)

O homem continuou caminhando....
Caminho até onde seus pés o levaram. Até onde sua mente queria chegar. Até onde o seu coração nunca queria ter chegado.
Ele parou em frente a um portão, enorme. Caiu de joelhos. As lágrimas começaram a rolar em sua face. Havia uma dor profunda em seu ser. O homem já não sabia se essa dor era dos seus músculos cansados de caminhar ou se era em seu coração.
A chuva agora havia parado. E o homem, continuava ali, ajoelhado em frente ao enorme portão.
Ele não sabia definir o que se passava em seu coração. Mas em sua mente, havia uma confusão. Havia gritos, choro. Havia tristeza.
O homem então se levantou com certa dificuldade. E foi ao encontro do enorme portão...


3 comentários:

ღPat.ღ disse...

Obrigada pelo teu carinho...

Bem-Vinda!
Beijos e Bom domingo!

Michelle disse...

Olá Thaís!

Estou adorando o conto... Fiquei pensando quantas vezes sentimos essa dor... que lá no fundo sabemos que pouco deve ter haver com os músculos cansados de caminhar...

Fico no aguardo do que o espera no portão...
Beijo grande!

Thaís Winck disse...

o final.... vai ser surpreendente..
aguardem

BlogBlogs.Com.Br