quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Obsessão

Depois de uma longa discussão e de muitos gritos de "pare o caro", ele para. Eles descem, ele a fixando com seus olhos azuis e ela, já com seus olhos vermelhos de tanto chorar, tenta desviar o olhar.
- Eu não te entendo, sabia! - grita ela desesperada.
- Eu? Tu fala que eu não te entendo? Tu ta maluca guria?
- Eu? Eu? Eu to confusa? Não lembro mais o por que estamos gritando um com o outro!
- Eu... Eu também não! Vamos entrar no carro agora?
- Vamos - disse ela, já secando com o punho suas lágrimas
Ele sabia o por que haviam brigado, ele sabia o que havia dito para ela aquela noite, mas ela não lembrava mais, e isso é o que importava no momento.
Ela, ela sabia muito bem o que tinha ouvido no carro aquela noite, preferiu enganar a mente. Preferiu 'esquecer'.
Aquele amor, aquela obsessão que um sentia pelo outro, não poderia ter fim.
E assim, eles entraram no carro, e se foram, ninguém sabe o que aconteceu depois

By: Thaís Winck

Gostaram? Comentem!

11 comentários:

Anne disse...

Uau! Eu adorei!
Bjos!

AC disse...

Quando uma relação começa a ter determinado padrão, só há duas soluções: ou se assume a inconstância, com muito amachucamento pelo meio, ou então parte-se para outra. Eu prefiro a segunda.

beijo :)

Blog da Pilar disse...

Thais, você gostaria de ser minha parceira de blog?
Se ficar interessada me manda um e-mail tá?

blogdapilar@gmail.com

www.blogdapilar.blogspot.com

Bjoks

Valéria Sorohan disse...

Thaís eu aceito sua parceria, seu blog já está lá na lateral nos blogs que leio sempre.

BeijooO*

Poliana Fonteles disse...

Rs,, interessante, Original... romantico... fofo...

Abraço!

Viiviih M. disse...

Obrigada pela visita 8)
Adorei o blog,seguindo..
Beijoos ;*

Ana Lucia Franco disse...

Sem muitas palavras disseste o bastante sobre uma relação obsessiva. Ninguém sabe o que aconteceu depois, mas presume-se.

bjs.

Rafael disse...

Padrão...só o das cores... uma relação tem que ser inconstante... como uma roda gigante..cheia de emoções....


adorei seu blog

MAILSON FURTADO disse...

Bela postagem!!!

Muito bom,parabéns!!!

Acesse:
http://mailsonfurtado.blogspot.com

Tatiane Lemos disse...

Coisas assim acontecem todos os dias sabe?.... Mas se tem amor, há de melhorar!

Beijos

RaH disse...

Bacaana!
As vzs as coisas chegam num ponto q a gente diz o q "não gostaria" ou não deveria...
Mas qdo se gosta de verdade, acaba-se passando por cima disso, não é?
Não sei se eu conseguiria...
Sempre fui impulsiva em relação a isso, gosto de "rebater e debater", de conversar, mas de deixar as coisas às claras. E é obvio, sabendo pedir desculpas e reconhecer os próprios erros.
E isso é o mais difícil.

BeeijO, queridaaa!

BlogBlogs.Com.Br