domingo, 4 de setembro de 2011

aprendi!

Morando em apartamento:
- aprendi que no primeiro raio de sol que aparece, a vontade é de colocar uma cadeira no sol e sentar nela, deixando o sol bater na cara.
- aprendi que morar em apartamento e ainda não ter sacada, é quase um crime, as roupas pedem sol, o travesseiro e os cobertores pedem sol, o meu corpo pede uma sacada nos dias de sol
- aprendi que em apartamento não pode ter cachorros, não pode ouvir música muito alta
- pior que isso, eu aprendi que viver em apartamento com pessoas que não são família, não da pra dividir segredos, contar da dor de barriga que não passa, dividir felicidades sem ser atacado por inveja.
- aprendi que viver em apartamento, em uma cidade grande, é mais seguro que viver em uma casa
- apartamentos tem, na maioria das vezes, uma cozinha junto com uma lavanderia, um quarto que é "suite", e uma sala em que se poe a mesa do jantar
- aprendi que Kitnet são pequenas peças que tem quarto e sala conjugados, uma cozinha e banheiro
- aprendi que viver nas alturas não é tão bom quanto viver no chão
- sinto falta do terrível cheiro de grama cortada e dos cachorros no quintal

Morando longe da família
- não tem ninguém pra dividir os segredos
- ninguém pra te mandar limpar a casa
- ninguém que faça teu almoço ou janta
- falta carinho da família, aquelas risadas e biras, que duram segundos
- falta afeto, falta fato, falta futilidades que tornam a vida mais feliz
- falta a mãe pra ajudar quando tu ta mal
- falta o irmão pra incomodar e te fazer sorrir com bobagens
- falta o pai pra escutar rock'n roll e falar de livros

É, não é fácil, mas também não é difícil.
"EU SINTO QUE SEI QUE SOU UM TANTO BEM MAIOR" (Teatro Mágico)

2 comentários:

MAILSON FURTADO disse...

E como sei como é essa "luta" e mudança de vida...

Tem seus lados positivos, quanto seus negativos...

miranda disse...

Crescer é dificil sim! Força.

BlogBlogs.Com.Br